Noticías

REUNIÃO SOBRE A OPERAÇÃO ÉGIDE - 22/02/2018

SINPRF/RS se reúne com colegas para tratar da Operação Égide 
 
Atendendo uma demanda dos sindicalizados, foi realizada uma reunião sobre a Operação Égide no Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira, 20, na sede do SINPRF/RS. O encontro, que contou com a participação de PRFs lotados na sede e em Delegacias do RS e a diretoria do sindicato, teve como objetivo o estabelecimento de possíveis soluções para que haja mais policiais voluntários para a operação e assim, não exista convocações daqueles que não desejam participar da ação.
 
Durante a reunião, foi exposto o caráter discricionário da Administração em realizar operações nos locais do país onde for necessário, o que sujeita a categoria de servidores federais a atender tais convocações. Desta forma, desde o início o sindicato demonstrou-se contrário ao enfraquecimento da segurança pública no RS frente a uma redução ainda maior do efetivo lotado no Rio Grande do Sul - que já é deficitário. O SINPRF/RS sempre esteve preocupado com as condições de trabalho e segurança dos policiais e, inclusive, solicitou ao superintendente, via ofício 334 de 1º de novembro de 2017 o seguinte:
capacitação adequada;
os devidos equipamentos de proteção individual, assim como viaturas blindadas, adequadas ao risco do trabalho naquela região;
que fosse revisto o valor das diárias, aumentando-se o valor em pelo menos 50% do valor atual;
que fosse analisada a possibilidade de convocação em períodos inferiores a um mês;
que fosse cancelada a ordem que determina a convocação de um servidor por delegacia;
que fosse informado sobre o possível impacto que a ausência dos servidores convocados tem causado para o desenvolvimento das atividades da PRF no Estado do Rio Grande do Sul e, consequentemente, para a segurança viária.
 
É necessário lembrar que no dia 27 de novembro de 2017 realizou-se uma AGE na qual houve uma participação expressiva da categoria, com aproximadamente 150 policiais presentes. Na ocasião foi colocado em votação a possível judicialização da Operação Égide, apresentando os motivos que embasavam a ação. No entanto, o efetivo presente votou pela não judicialização da questão.
 
Na reunião foi apontado, também, um fato relevante: desde janeiro deste ano, em razão de muitos servidores afastados por diversos motivos como férias, licença capacitação, licença por motivos de saúde, nivelamento operacional, entre outros, agravou-se a situação e, em algumas delegacias, esgotaram-se os voluntários para a operação, culminando em convocações contrárias a vontade dos policiais.
 
Dentre as deliberações da reunião está uma pesquisa que será realizada pelo sindicato junto ao efetivo dos que não são voluntários para participar da Operação Égide no Rio de Janeiro e os motivos que apresentam para não serem. Além disso, o SINPRF/RS envidará esforços para aumentar as diárias para esta operação.
 
Assim, o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Rio Grande do Sul reafirma o compromisso e respeito com os sindicalizados e que a sua diretoria está sempre a disposição para eventuais dúvidas.

N° de acessos: 367

Anexos da Notícia

Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Rio Grande do Sul

Rua Barros Cassal, 33/7° andar - Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

CEP: 90035-030 - Fone/Fax: (51) 3226-4044

E-mail: sinprfrs@sinprfrs.org.br

SINPRF/RS © 2018