Noticías

NOTA AO EFETIVO - A LUTA DO SISTEMA SINDICAL CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA - 05/05/2017

NOTA AO EFETIVO – A luta do sistema sindical contra a Reforma da Previdência

 

Colegas Policiais Rodoviários Federais,


Desde o final de 2016 o sistema sindical da PRF vem enfrentando uma terrível guerra pela manutenção dos nossos direitos previdenciários.

Estamos numa luta desigual contra a potente máquina governamental, contra a poderosa e parcial mídia nacional, contra interesses obscuros que meandram o ambiente legislativo onde tramita a Reforma da Previdência – mais do que obstáculos, verdadeiros tratores que buscam nos atropelar e à toda a sociedade brasileira.

Durante todo este tempo, FenaPRF e SinPRFs têm buscado trabalhar em conjunto, aliando-se às demais categorias da segurança pública, através da UPB, e dos demais setores da sociedade, de forma a combater integralmente a PEC 287, ou ao menos assegurar a manutenção da Aposentadoria Policial.

Não é segredo para ninguém que a atividade policial no Brasil é atividade profissional mais perigosa do país. A tenebrosa face da violência que assola nossa nação cobra um pagamento de sangue aos policiais brasileiros diariamente, de Norte a Sul.

Envergar a farda policial é um desafio de altruísmo que fazemos todos os dias, deixando o convívio familiar para oferecer a nossa vida à sociedade brasileira, enquanto buscamos salvaguardar a mínima paz social.

É com base na nossa missão maior, que não podemos e não iremos aceitar a retirada de nossos direitos previdenciários!

Não se trata apenas de idade mínima para aposentadoria. De uma só vez, o Governo ataca toda a estrutura da Segurança Pública Nacional quando divide as categorias policiais: 

- primeiramente excluindo as polícias militares e as forças armadas da reforma e mantendo as polícias civis da União e dos Estados; 
- o ataque busca uma nova divisão, limitando o direito da Aposentadoria Integral e Paritária apenas aos servidores que ingressaram nos quadros policiais até janeiro de 2013, como se os demais não estivessem sujeitos ao mesmo risco, face à atividade idêntica que desempenham;
- na sequência o Governo claramente distingue pejorativamente as polícias do restante da sociedade, concedendo aposentadoria diferenciada para todas as mulheres trabalhadoras, EXCETO para as mulheres policiais;
- a distinção pejorativa segue ao não se reconhecer apenas para a categoria policial o direito a regras de transição para a mudança previdenciária – todos os trabalhadores terão direito a um pedágio de 30% sobre o tempo atual para a aposentadoria, EXCETO os policiais brasileiros;
- o tiro de misericórdia vem com a mudança nas regras de Pensões e Invalidez, jogando a segurança pública na vala comum, desrespeitando novamente a realidade da profissão mais perigosa do nosso país;

Todos os esforços do sistema sindical junto aos parlamentares vêm sendo envidados para tentarmos reverter este cenário tenebroso, mas quando acabamos de ver que a Comissão Especial destinada a discutir a Reforma da Previdência apenas serviu de massa de manobra para aprovar os interesses do Governo, vimos o quanto precisamos aumentar nosso poder de mobilização!

COLEGA POLICIAL, homem ou mulher, antigo ou novo, operacional ou administrativo, NÓS PRECISAMOS DE VOCÊ NESTA GUERRA!

Seja na folga ou num momento mais tranquilo do plantão, PRESSIONE os Parlamentares dos seus estados! Mande mensagens, e-mails, fotos e vídeos em facebook, telefonemas para os gabinetes e escritórios regionais!

MOBILIZE sua família, seus amigos, sua comunidade!

PARTICIPE das mobilizações populares e as organizadas pelo nosso sistema sindical!

Se NÓS não lutarmos juntos agora, sofreremos as consequências para o resto de nossas vidas!

Não ao Fim da Aposentadoria por Atividade de Risco! Não à PEC 287!


PEDRO DA SILVA CAVALCANTI
Presidente da FenaPRF

http://fenaprf.org.br/nota-ao-efetivo-a-luta-do-sistema-sindical-contra-a-reforma-da-previdencia

 

N° de acessos: 306

Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Rio Grande do Sul

Rua Barros Cassal, 33/7° andar - Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

CEP: 90035-030 - Fone/Fax: (51) 3226-4044

E-mail: sinprfrs@sinprfrs.org.br

SINPRF/RS © 2018