Noticías

SERVIDORES DA SEGURANÇA PÚBLICA REALIZAM MANIFESTAÇÃO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA - 28/04/2017

 

Na manhã de hoje, 28/04, profissionais de segurança pública de diversas instituições realizaram uma grande manifestação contra a reforma da previdência social em Porto Alegre. Servidores da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Polícia Civil, IGP e Susepe fizeram uma manifestação que iniciou em frente ao Palácio da Polícia Civil (Esquina da Av. Ipiranga com João Pessoa) e terminou em um ato na esquina democrática, após caminhada pelas avenidas João Pessoa e Salgado Filho. Durante o evento, panfletos foram distribuídos para a população alertando sobre a realidade da previdência social no Brasil e os presidentes dos sindicatos das categorias discursaram em um carro de som, em todo o trajeto.

Participaram da manifestação os dirigentes do Sindicato dos Policiais Federais do RS – SINPEF/RS, da Associação dos Delegados do RS – ADPF,  do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal – SINPECPFdo Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais – SINPRF-RS, da Associação dos Peritos Criminais Federais – APCF/RS, da Ugeirm- Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia Civil, do Sindicato dos Servidores Penitenciários do RS – AMAPERGS e Sindicato dos Servidores do Instituto-Geral de Perícia do RS – SINDIPERICIAS, 

A Manifestação reuniu cerca de 700 profissionais de segurança publica, entre policiais, agentes penitenciários e servidores administrativos dos órgãos. O principal objetivo foi mostrar a contrariedade dos manifestantes aos termos da PEC 287/2016, que versa sobre a retirada da  “atividade de risco” da Constituição Federal, inviabilizando a aposentadoria especial dos profissionais de segurança pública.

O presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do RS, Maicon Natchigall, afirmou em seu discurso que “hoje não estamos aqui representando a polícia, mas sim toda a segurança pública do Brasil. A maneira que está sendo feita a PEC não prejudica apenas os profissionais da categoria, mas sim, toda a sociedade brasileira, que cada vez mais, precisa da segurança pública”.  Hoje, a expectativa de vida dos policiais brasileiros não ultrapassa os 60 anos (enquanto a média nacional brasileira é 74 anos). Em 2016, quase 500 policiais foram mortos no Brasil, sem contar o enorme número de suicídios, as mortes por estresse profissional e as baixas por acidentes em ações policiais.  

N° de acessos: 587

Anexos da Notícia

Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Rio Grande do Sul

Rua Barros Cassal, 33/7° andar - Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

CEP: 90035-030 - Fone/Fax: (51) 3226-4044

E-mail: sinprfrs@sinprfrs.org.br

SINPRF/RS © 2018